Ministra espanhola diz que pode não haver 2ª resolução

A ministra das Relações Exteriores da Espanha, Ana Palacio, disse que a Espanha, os EUA e a Grã-Bretanha não devem apresentar uma segunda resolução sobre o Iraque às Nações Unidas implicando ataque imediato ao Iraque porque a França irá vetá-la. "Não apresentar (a segunda resolução) para o voto é uma possibilidade que consideramos, acima de tudo, diante da afirmação categórica e absoluta de veto da França", disse Ana em entrevista em Madri após encontro com Dominique de Villepin, ministro das Relações Exteriores da França. "Sem dúvida, um veto é algo que possui consequências no sistema das Nações Unidas. Por esta razão é uma possibilidade que consideramos, mesmo com a hipótese de termos apoio suficiente (para alcançar a maioria de 9 votos necessários)", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.