Ministro afirma que se expressou mal sobre teste nuclear

O ministro da Unificação da Coreia do Sul, Ryoo Kihl-jae, disse que ele se expressou mal quando disse a parlamentares mais cedo que há um "indício" de que a Coreia do Norte está se preparando para um teste nuclear.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2013 | 05h41

Quando um parlamentar perguntou mais cedo nesta segunda-feira se havia um indício de aumento de pessoal e veículos no local de teste nuclear do Norte, Ryoo Kihl-jae disse "existe tal indício". Ele afirmou que não poderia dizer mais porque isso envolvia inteligência confidencial.

Os comentários foram gravados em vídeo, mas Ryoo afirmou mais tarde aos parlamentares que não conseguia se lembrar de tê-los feito e que não teve a intenção de dizê-los. Ele afirmou que estava assustado com as notícias que levavam seus comentários anteriores. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
coreiasnuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.