Ministro alemão critica Rússia por tentar dividir Europa

O ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, denunciou neste sábado o que ele chamou de tentativa da Rússia "de dividir a Europa" ao promover um referendo sobre a independência da Crimeia que levou à anexação da península ucraniana pela Rússia.

Agência Estado

22 de março de 2014 | 08h57

"O referendo na Crimeia...é uma violação da lei internacional e uma tentativa de dividir a Europa" disse o ministro alemão a repórteres em Kiev, após se reunir com o presidente interino da Ucrânia, Oleksandr Turchynov.

No referendo, realizado no último dia 16, a república autônoma da Crimeia decidiu abandonar a Ucrânia e voltar a fazer parte do território russo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaministroUcrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.