Ministro ameaça parar exportação de petróleo

Em meio a pressões e sanções internacionais, o Irã ameaçou ontem suspender a venda internacional de petróleo. O país revelou que já se planejou para sobreviver sem a receita obtida com a exportação do produto. "Até esta data, não tivemos nenhum problema sério, mas se as sanções forem renovadas, nós partiremos para um plano B", declarou o ministro do Petróleo, Rostam Qasemi, a repórteres em Dubai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.