Ministro britânico adverte sobre gastos com guerra

Uma eventual guerra contra o Iraque seria muito custosa para a Grã-Bretanha, que deveria evitar ao máximo o envio de tropas terrestres a Bagdá, se tiver a intenção de unir-se ao possível ataque organizado pelos Estados Unidos. Segundo o jornal The Daily Telegraph, esta foi a mensagem enviada pelo ministro do Tesouro britânico, Gordon Brown, ao Ministério da Defesa. O Tesouro, afirma o diário, ordenou aos chefes militares do país para que pensem em estratégias menos onerosas - e que, de preferência, não incluam a participação da Grã-Bretanha em uma ofensiva terrestre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.