Ministro britânico renuncia devido à crise iraquiana

Robin Cook, um destacado ministro britânico, renunciou hoje por discordar da decisão do primeiro-ministro Tony Blair de apoiar uma guerra contra o Iraque. Robin Cook renunciou ao cargo de líder do governo na Câmara dos Comuns depois de um encontro reservado com Blair e pouco antes de uma reunião do gabinete, anunciou o escritório do premier.Blair enfrenta uma grande revolta dentro do Partido Trabalhista, por sua determinação de apoiar o presidente americano, George W. Bush, no uso da força para desarmar Saddam Hussein. Acredita-se que outros ministros acompanharão a decisão de Cook.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.