Ministro confirma presença francesa no Afeganistão

O ministro da Defesa da França, Alain Richard, informou hoje que agentes da inteligência francesa já estão em território afegão. Entrevistado pela rádio França internacional, Richard foi questionado sobre como a França ajudou os Estados Unidos a localizarem os alvos de ataques e respondeu que ?como imagens de satélite não são suficientes, devem existir outras formas de localização de alvos?. À pergunta sobre se a afirmação significava que unidades do comando francês ou agentes de inteligência estavam no Afeganistão, ele respondeu: ?Como você pode imaginar, sim?. O ministro não ofereceu mais detalhes. Ontem, o presidente Jacques Chirac disse pela primeira vez que forças francesas participariam da ofensiva militar norte-americana contra o Afeganistão. A Franca já tinha concordado em abrir seu espaço aéreo e oferecer cooperação naval no oceano Índico, especialmente apoio logístico. O ministro das Relações Exteriores, Hubert Vedrine, disse hoje que a França considerou a ação militar de ontem ?inevitável e necessária? quando o regime do Taleban se recusou a entregar Osama bin Laden. ?Não se trata apenas solidariedade?, disse Vedrine à rádio RTL. ?Trata-se de uma ação nossa também?. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.