Ministro da ANP pede a árabes apoio político e financeiro

O ministro palestino de Assuntos Exteriores, Mahmoud Zahar, pediu neste sábado ao mundo árabe apoio financeiro e político à Autoridade Nacional Palestina (ANP) e ao governo dirigido pelo movimento islâmico Hamas. Segundo fontes da Liga Árabe, Zahar se reuniu no Cairo com o secretário-geral do organismo pan-árabe, Amre Moussa, a quem pediu que se esforce para acelerar o envio da ajuda financeira aos palestinos, decidida na cúpula árabe de março, em Cartum. Zahar também se reuniu com os representantes permanentes dos países da Liga Árabe, integrada por 22 membros, e negou que haja uma crise entre a ANP e o Egito, por não ter sido recebido por nenhuma autoridade egípcia em sua primeira visita ao Cairo desde a formação do Executivo do Hamas em março. O ministro palestino disse aos jornalistas que falou por telefone com seu colega egípcio, Ahmed Abul Gheit, que "disse que tinha muitas ocupações" e que ambos poderiam se reunir no começo ou no fim de sua viagem pela região, que também o levará a Jordânia, Síria, Kuwait e Arábia Saudita. Além disso, negou que os países árabes estejam pressionando o governo do Hamas para que aceite o plano de paz árabe, proposto durante a cúpula árabe de Beirute em 2002 e que prevê o reconhecimento de Israel em troca da retirada deste país dos territórios ocupados em 1967.

Agencia Estado,

15 Abril 2006 | 14h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.