Ministro da Economia da Argentina renuncia

O ministro argentino da Economia, Ricardo López Murphy, renunciou agora à noite, segundo fontes do governo. Embora o anúncio oficial da renúncia ainda não tenha sido feito, o canal de TV "Todo Notícias" divulgou a saída do economista.López Murphy havia se reunido, durante horas, com o presidente Fernando de la Rúa e o ex-ministro da Economia Domingo Cavallo, na residência oficial de Olivos.Ainda não está claro se Cavallo assume o lugar de Murphy. Até esta tarde, ele era cotado para ocupar a chefia de gabinete, munido de amplos poderes. Se Cavallo assumir a Economia, a chefia de gabinete deverá ser dada ao antigo vice-presidente da República, Carlos "Chacho" Alvarez.Com isso, a Frepaso, que havia retirado seus representantes do governo, deve retornar ao agora chamado "governo de união nacional". A condição para a Frepaso voltar a integrar o governo é arevogação do pacote de medidas adotado por López Murphy na última sexta-feira.Prevê-se que tal medida deverá ser tomada por Cavallo, que pode anunciar outras medidas para pôr fim à recessão, que já dura mais de dois anos.Leia mais sobre a crise argentina

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.