Ministro da Somália é morto após ataque de suicida

O ministro do Interior da Somália, Abdishakur Sheik Hassan, foi morto hoje após um atentando desfechado por uma suicida na casa do político, informou um funcionário da segurança somali à agência France Presse. "O ministro morreu no hospital", disse Adan Mohammed. "A informação que temos indica que uma jovem mulher, sobrinha do ministro, conduziu o ataque".

AE, Agência Estado

10 de junho de 2011 | 16h37

O comunicado foi confirmado por outras fontes de segurança, as quais disseram que a mulher viveu na casa do ministro por pelo menos três anos. "O ministro faleceu, ele foi assassinado em um ataque terrorista", disse o ministro da Informação, Adulkarim Jama, à Rádio Mogadiscio. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Somáliaviolênciamorteministro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.