Ministro das Finanças de Portugal renuncia

O ministro das Finanças de Portugal, Joaquim Pina Moura, renunciou do cargo e seu pedido foi aceito pelo primeiro-ministro, Antonio Guterres. Especulações de sua renúncia circulam há mais de um mês, por causa de notícias de que o governo teve de requisitar uma emenda no orçamento de 2001, diante de queda na arrecadação com impostos e alta da inflação. Pina Moura deve ser substituído pelo vice-primeiro-ministro, Guilherme Oliveira Martins.Apesar das críticas, a emenda do orçamento foi aprovada pelo Parlamento hoje. Pina Moura foi criticado também no ano passado, pela oposição e pelos líderes empresariais, por conta da intervenção do governo no processo de privatização da companhia de cimentos Cimpor SGPS. A saída de Pina Moura é parte de mudanças no governo português que devem resultar em alterações nos Ministérios da Defesa e da Cultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.