Ministro das Finanças oferece ajuda a regiões carentes do Afeganistão

O ministro das Finanças do Afeganistão,Ashraf Ghani, fez um apelo pela união nacional e ofereceumilhões de dólares em ajuda às empobrecidas províncias do país. A declaração foi feita durante uma sessão da loya jirga(grande conselho) convocada para debater e ratificar umaproposta de constituição para o Afeganistão. A proposta vemsendo questionada pelos senhores da guerra afegãos. "Nós gostaríamos de repetir isso, mas primeiro precisamosobservar como vocês empregarão o dinheiro na implementação deprojetos emergenciais em suas províncias", afirmou o ministro. A oferta de ajuda, que precisa ser aprovada pelo presidenteHamid Karzai e ratificada por seu gabinete, foi feita no 12º diados debates sobre a proposta de constituição, que prevê oestabelecimento de um Estado islâmico tolerante comandado pormeio de um forte sistema presidencialista. Karzai foi indicado pelos Estados Unidos e ainda conta com oapoio de Washington. Espera-se que a constituição possibilite arealização de eleições gerais em meados de 2004. Enquanto isso, forças de segurança detiveram um homem no lestedo país, perto da fronteira com o Paquistão, acusado detransportar 20 pequenas bombas de fabricação caseira pararebeldes supostamente ligados à milícia fundamentalista doTaleban, informou hoje em Jalalabad um funcionário do governo daprovíncia de Nagarhar. Em Jalalabad, um homem identificado apenas como Attaullah foipreso ontem com duas granadas no centro da cidade, disseramautoridades locais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.