Ministro das Relações Exteriores da Rússia critica lei sobre leste da Ucrânia

O ministro das Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov, disse que a lei aprovada pela Ucrânia sobre territórios controlados por rebeldes apoiados pela Rússia no leste do país contraria o acordo de cessar-fogo em vigor.

Estadão Conteúdo

04 de abril de 2015 | 10h21

Lavrov disse que "a lei vai na direção oposta" ao espírito do acordo fechado com os líderes do Ocidente em Minsk, Bielorrússia, que acalmou o conflito. Segundo ele, o movimento é um afastamento do acordo de Minsk e Moscou trabalhará para interromper isso.

A lei determina a área dentro de Donetsk e Luhansk, que fica no leste da Ucrânia e que receberão autonomia, mas afirma que isso só ocorrerá quando as eleições locais forem realizadas.

Lavrov está na capital eslovaca, Bratislava, neste sábado, para marcar o 70º aniversário de sua liberação pelas tropas soviéticas em 1945. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaLeiUcrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.