Ministro de Israel diz que há 'crise' na relação com EUA

O ministro das Finanças de Israel, Yair Lapid, disse neste sábado que há uma "crise" nas relações do país com os Estados Unidos que precisa ser resolvida. Segundo ele, o relacionamento entre as duas nações "precisa ser administrado com respeito e responsabilidade".

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 17h48

Lapid fez os comentários um dia depois de autoridades norte-americanas afirmarem que o governo do presidente Barack Obama recusou o pedido do ministro da Defesa israelense, Moshe Yaalon, para se reunir com diversos assessores nacionais de segurança.

A Casa Branca e o Departamento de Estado rejeitaram as propostas do ministro israelense para encontros com o vice-presidente, Joe Biden, com a Conselheira Nacional de Segurança, Susan Rice, e com o Secretário de Estado, John Kerry, durante sua viagem de cinco dias aos EUA. O governo norte-americano continua ofendido por comentários negativos de Yalon sobre os esforços de paz no Oriente Médio e as negociações nucleares com o Irã. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelEUAministro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.