Ministro de Relações Exteriores russo chega a Pyongyang

Serguei Lavrov deve abordar a interrupção nas negociações sobre a desnuclearização norte-coreana

Efe,

23 de abril de 2009 | 03h48

O ministro de Relações Exteriores russo, Serguei Lavrov, chegou nesta quinta-feira, 23, a Pyongyang para uma visita de dois dias na qual deve abordar a atual interrupção nas negociações sobre a desnuclearização do país comunista.

 

Segundo a agência oficial norte-coreana KCNA, o ministro russo foi recebido no aeroporto pelo vice-ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Kung Sok-ung.

 

Lavrov é o primeiro funcionário de alto escalão estrangeiro que viaja à Coreia do Norte desde que o país comunista anunciou na semana passada seu rearmamento nuclear e o boicote à reunião de seis lados em rejeição à condenação do Conselho de Segurança da ONU por seu lançamento de um foguete de longo alcance.

 

A Coreia do Norte efetuou no dia 5 de abril o lançamento de um foguete que Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão consideram um teste de um míssil de longo alcance, e uma violação da resolução da ONU que proíbe Pyongyang de testar seu programa de mísseis balísticos.

 

Segundo a agência sul-coreana Yonhap, em Pyongyang, Lavrov se reunirá com seu colega norte-coreano, Park Ui-chun, entre outras autoridades.

 

Fontes do Ministério de Relações Exteriores sul-coreano citadas pela Yonhap não descartaram que o ministro russo seja recebido pelo líder norte-coreano, Kim Jong-il.

 

O chefe da diplomacia russa deve viajar a Seul entre os dias 24 e 25 de abril, logo após concluir sua visita a Pyongyang.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.