Ministro diz que Canadá vai manter sanções ao Irã

O ministro das Relações Exteriores do Canadá, John Baird, afirmou neste domingo (24) que está "profundamente cético" sobre o acordo nuclear assinado pelos Estados Unidos e outras cinco potências mundiais com o Irã. Segundo ele, o Canadá vai manter as sanções ao governo iraniano.

Agência Estado

24 de novembro de 2013 | 17h46

O ministro disse em Ottawa que ações passadas predizem ações futuras, e que o Irã "não ganhou o direito de ter o benefício da dúvida". De acordo com o acordo firmado na madrugada deste domingo, o Irã aceitou paralisar temporariamente seu programa de enriquecimento de urânio.

O governo conservador do Canadá, um forte aliado de Israel, proibiu quase todas as relações comerciais com o Irã - tanto exportações como importações - em meio às preocupações com o programa nuclear do país. O Canadá também fechou sua embaixada em Teerã em 2012 e ordenou que os diplomatas iranianos deixassem a capital canadense, Ottawa.

O ministro da Defesa canadense, Rob Nicholson, afirmou neste domingo, na conclusão do Fórum de Segurança Internacional de Halifax, que o Canadá irá avaliar os méritos do acordo nuclear. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IRÃACORDONUCLEARCANADÁ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.