AP Photo/Pavel Golovkin
AP Photo/Pavel Golovkin

Ministro diz que Rússia faz esforços para resolver disputa entre Catar e outros países árabes

A Arábia Saudita, os Emirados Árabes, o Egito e o Barein romperam laços com o Catar nesta semana, acusando o país de encorajar grupos terroristas como a Al-Qaeda

Agência Estado

10 de junho de 2017 | 08h15

MOSCOU, RÚSSIA - O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, afirmou ao ministro das Relações Exteriores do Catar, Mohammed bin Abdulrahman Al Thani, que Moscou fará esforços para tentar resolver a escalada na crise entre o Catar e vários países árabes. Lavrov e Thani se reuniram neste sábado na capital russa.

A Arábia Saudita, os Emirados Árabes, o Egito e o Bahrein romperam laços diplomáticos com o Catar nesta semana, acusando o país de tolerar ou mesmo encorajar grupos extremistas, entre eles o braço sírio da Al-Qaeda. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou o regime do Catar de financiar o terrorismo e disse que isso precisa parar.

Lavrov afirmou que a Rússia mantém contatos com a maioria dos participantes "dos processos em andamento". Segundo ele, tudo que o governo de Moscou puder fazer, com o consenso dos demais e que for do interesse das partes envolvidas, ele fará.

*Com informações da Associated Press.

 

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaCatar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.