Ministro escapa de atentado suicida

O ministro do Trabalho iraquiano, Mahmoud al-Sheikh Radhi, escapou ontem de um atentado em Bagdá, quando um suicida detonou um carro com explosivos em meio a um comboio de autoridades. Pelo menos 11 pessoas morreram e 22 ficaram feridas no ataque, ocorrido na Praça Tahrir, considerada uma das regiões mais seguras da capital iraquiana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.