Ministro gay assume como premier interino da Noruega

O ministro das Finanças da Noruega, Per-Kristian Foss, tornou-se - embora em caráter temporário - o primeiro homossexual assumido a ocupar o cargo de primeiro-ministro de um país. O primeiro-ministro titular, Kjell Magne Bondevik, está visitando a Coréia do Sul, e o chanceler Jan Petersen - que geralmente substitui o chefe de governo - encontra-se na Espanha. "Creio que isto - declarou Foss - poderia ter um impacto, ainda que pequeno, sobre a discussão dos direitos dos homossexuais em outros países". O ministro, que tem 52 anos e uma longa experiência parlamentar pelo Partido Conservador, saiu nos jornais de todo o mundo há algumas semanas quando se casou com seu companheiro Jan Erik Knarbakk, diretor do grupo editorial norueguês Schibsted Asa.

Agencia Estado,

25 Janeiro 2002 | 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.