Ministro indica que Irã participará de encontro no Iraque

O ministro de Relações Exteriores do Irã, Manouchehr Mottaki, indicou nesta segunda-feira, 5, que país pode participar da conferência internacional no Iraque neste sábado, 10, onde se encontrará com líderes dos Estados Unidos, que exige fim de programa nuclear iraniano.Mottaki afirmou que o governo iraniano está pensando sobre sua participação na conferência em Bagdá, mas disse que "alguns países propuseram uma reunião em nível subministerial e nós aceitamos"Na semana passada, o governo iraquiano convidou os países vizinhos e cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU para uma conferência sobre a violência sectária do Iraque. Os Estados Unidos aceitaram rapidamente o convite.Ainda na segunda, 5, a agência de notícias Islamic Republic publicou que Mottaki disse em uma entrevista coletiva que o "Irã está considerando enviar o vice-ministro de Relações Exteriores à Bagdá".Caso o Irã aceite participar da conferência, será o primeiro encontro entre Teerã e Washington desde 2004.No entanto, Mottaki disse que ainda tem algumas desconfianças sobre a conferência do Iraque."O governo do Iraque nos consultou nos últimos dez dias e nós apresentamos algumas preocupações em relação à conferência", disse Mottaki. "Todos os participantes devem ajudar o governo iraquiano, sem a opinião de outros países."Além de criticar o programa nuclear iraniano, o presidente americano George W. Bush ainda acusa o Irã de apoiar grupos insurgentes iraquianos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.