Ministro iraniano diz que negociações estão "nos trilhos"

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Manouchehr Mottaki, afirmou que as negociações entre representantes de seu país e a União Européia sobre a questão nuclear estão "nos trilhos". Ele também disse acreditar em uma solução negociada para o problema.Em entrevista à Associated Press na sede da ONU, em Nova York, Mottaki afirmou que o comissário de Relações Exteriores e Segurança da União Européia, Javier Solana, e o principal negociador iraniano, Ali Larinjani, deverão reunir-se pela terceira vez "em breve".O chanceler acrescentou que Larinjani e Solana deveriam ter se reunido na semana passada em Nova York, mas que isso não aconteceu porque os EUA recusaram vistos a vários integrantes da delegação iraniana, entre eles o vice de Larinjani. "Mas, nos últimos dois ou três dias, eles têm mantido contatos e estão coordenando. Acho que eles terão a próxima rodada de discussões muito em breve", disse o ministro.Embate nuclearOs seis principais países tentando frear as ambições nucleares do Irã - Inglaterra, França, Alemanha, Estados Unidos, França e Rússia - esperam que Teerã concorde rapidamente em suspender o enriquecimento de urânio, após ter ultrapassado o prazo de 31 de agosto, e volte à mesa de negociações. São planejadas sanções caso os iranianos rejeitem a proposta. O Irã diz que precisa de enriquecimento de urânio para produzir combustível para reatores nucleares que gerariam eletricidade e insistem que seu programa é pacífico. O enriquecimento também pode criar material para bombas atômicas, entretanto, e os EUA e outras nações têm acusado Teerã de procurar desenvolver armas atômicas. O presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad disse pela primeira vez em uma coletiva de imprensa, na quinta-feira, que o Irã está preparado para negociar a suspensão de suas atividades de enriquecimento - "sob condições justas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.