Ministro iraniano morre em queda de avião

Um avião com 29 pessoas a bordo - entre as quais o ministro iraniano dos Transportes, Rahman Dadman, e sete parlamentaes - caiu nesta quinta-feira perto da cidade de Kachmar, na província de Khorasan, leste do Irã, em meio a uma forte tempestade. Funcionários do Ministério do Interior informaram que todas as pessoas a bordo morreram. As ferragens da aeronave, um trirreator de fabricação russa Yakolev-40, foram encontradas entre as cidades de Kashmar e Neishabour, disse Jahanbakhsh Khanjani, porta-voz do Ministério do Interior, à Agência de Notícias da República Islâmica. O local da queda situa-se 708 quilômetros a leste de Teerã. "Uma autoridade política da província de Khorasan confirmou a queda da aeronave", informou a agência, citando Khanjani. O porta-voz não confirmou as mortes. Porém, sob a condição de manter-se anônima, uma fonte do Ministério do Interior do país declarou à Associated Press que todas as pessoas que estavam no avião morreram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.