Ministro israelense propõe que o país siga exemplo russo

O novo ministro israelense de Ameaças Estratégicas, Avigdor Lieberman, propôs nesta quarta-feira durante a reunião do Gabinete de Segurança que Israel adote em Gaza o padrão da intervenção russa na Chechênia, disseram ministros israelenses citados pela rádio local. O polêmico dirigente ultranacionalista fez tal proposta em um debate do Gabinete de Segurança do Governo israelense sobre a intervenção militar do país em Gaza. Após um debate no qual os ministros estiveram divididos sobre a magnitude da operação militar israelense em Gaza, o gabinete decidiu aumentar as atividades nesse território contra as facções armadas palestinas, entre elas o Hamas. O ministro Eli Yishai considerou que o Exército deve tomar o controle da zona fronteiriça entre Gaza e Egito e permanecer ali com um elevado número de tropas para impedir a entrada de armas. Outros ministros argumentaram que o Exército deve atuar na área, mas não permanecer nela por um longo período de tempo. A reunião ocorreu enquanto se registrava uma incursão israelense na localidade de Beit Hanun, no norte da Faixa de Gaza, na qual pelo menos seis palestino morreram e cerca de 50 foram feridos. Além disso, dezenas de carros blindados entraram na área de Rafah, na zona fronteiriça entre Egito e a Faixa de Gaza, nesta quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.