Ministro joga golfe depois de naufrágio

O primeiro-ministro do Japão, Yoshiro Mori, está sendo duramente criticado por ter prosseguido calmamente numa partida golfe, ontem, mesmo depois de ter sido informado do acidente em que um submarino americano abalroou um navio japonês, deixando nove pessoas desaparecidas no mar. O jornal Asahi publicou a reação inusitada do primeiro-ministro em sua primeira página.?Acho que ele deveria ter interrompido o jogo imediatamente?, disse Takenori Kanzaki, líder do partido Novo Komei, parte da coalizão que sustenta o atual governo. ?Não teria adiantado nada se deu saísse correndo?, teria dito o primeiro-ministro, segundo a agência de notícias Kiodo. Prosseguir com o jogo, ele disse, foi ?o procedimento mais seguro?.Mori, um político impopular, se tornou alvo freqüente de críticas por suas gafes, que já se tornaram parte do folclore político do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.