Ministro kuwaitiano acusado de libertinagem renuncia

O ministro da Informação kuwatiano, Mohammed Nasser al-Sanusi, apresentou neste domingo sua renúncia ao primeiro-ministro, Nasser Al-Sabah, devido a pressões parlamentares, segundo o canal de televisão árabe Al Arabiya.A emissora explicou que Sanusi, de tendência liberal e educadonos Estados Unidos, apresentou sua renúncia um dia antes de serinterpelado no Parlamento, sob acusação de "libertinagem" e depermitir vários casos de corrupção em seu ministério.Os parlamentares, a maioria conservadores islâmicos, reprovam oministro por ter permitido a transmissão de "filmes pornográficos"que contrariam os princípios básicos do Islã.Sanusi assumiu a pasta da Informação em maio, em substituição deAnas al-Rashid, que apresentou sua renúncia em protesto contra umprojeto apresentado pelo governo para realizar reformasconstitucionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.