Ministro palestino pede sanções contra Israel

O ministro palestino de Relações Exteriores, Reyad al- Malki, pediu neste sábado a imposição de sanções contra Israel por violar leis e convenções internacionais nos territórios palestinos, segundo a agência de notícias Xinhua neste sábado.

AE, Agência Estado

12 de abril de 2014 | 12h00

O ministro palestino disse, em um comunicado, que a ameaça de Israel contra palestinos "é a continuação da política do país que se baseia na violação da lei internacional".

Após o impasse no processo de paz, os palestinos anunciaram que pedirão para se juntar a agências e tratados internacionais em resposta à recusa de Israel em libertar prisioneiros palestinos, o que havia sido acordado entre os países anteriormente.

Em resposta, Israel avisou que manterá laços com a Autoridade Nacional Palestina e realizará medidas de segurança severas contra os palestinos.

O diplomata palestino também disse que a decisão para se juntar a agências internacionais e tratados "nunca pode ser considerada como uma violação às leis internacionais. Ao contrário, é nosso direito legal". Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
PalestinosIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.