Ministro palestino renuncia

O ministro de Comunicação e Tecnologia palestino, Jamal al-Khudary, apresentou neste domingo sua renúncia, argumentando que o Executivo não respondeu às exigências dos palestinos. Khudary era membro do governo formado pelo Hamas, apesar de não pertencer ao movimento islâmico.O anúncio, que ainda não foi confirmado publicamente pelo próprio Khudary, ocorre um dia depois que milhares de funcionários da Autoridade Nacional Palestina (ANP) realizaram uma greve por não terem recebido seus salários. Alguns funcionários não recebem desde fevereiro.A União Européia e os Estados Unidos suspenderam a ajuda direta ao governo depois que o Hamas, vencedor das eleições de 25 de janeiro, se negou a reconhecer Israel, a renunciar à violência e a aceitar o acordo de paz de Oslo, assinado em 1993.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.