Ministro russo diz que EUA ainda não são aliados

O ministro da Defesa da Rússia, SergeiIvanov, comentou neste domingo que Moscou e Washington já não são mais inimigos, mas ainda não podem ser considerados aliados. O comentário reflete as persistentes divergências entre asduas capitais, apesar do avanço das relações entre os ex-inimigos de Guerra Fria depois do colapso da União Soviética."Definitivamente, Rússia e Estados Unidos não são mais adversários, mas provavelmente ainda não são aliados", comentou Ivanov em declarações publicadas hoje pela agência de notíciasITAR-Tass. O ministro fez os comentários em uma entrevista concedida depois de uma reunião com o secretário de Defesa dos EUA, Donald Rumsfeld, que deixou a Rússia hoje depois de uma visita de dois dias a São Petersburgo."Estamos em algum ponto de um processo de transição", comentou Ivanov. "Trata-se de um processo evolutivo que não pode começaragora e terminar daqui a pouco. São necessários tempo e uma postura construtiva."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.