Ministro será candidato a chanceler alemão em 2009

Frank-Walter Steinmeier, ministro de Relações Exteriores da Alemanha, foi escolhido hoje pelo Partido Social Democrata (SPD), de centro-esquerda, para concorrer ao cargo de chanceler do país com Angela Merkel nas eleições de 2009. Steinmeier, que recebeu 95% dos votos dos delegados do partido em uma reunião especial realizada em Berlim, prometeu regulamentações mais duras para o setor financeiro alemão.O ministro alemão, que também é vice-chanceler da "grande coalizão" que já dura três anos - na qual o Partido Democrata Cristão (CDU/CSU) de Merkel governa a Alemanha em conjunto com o SPD -, criticou a atual economia não intervencionista, à qual ele atribui responsabilidade pela atual crise financeira. "Quero reordenar a relação entre política e economia. É o momento de pensar de forma diferente. Precisamos de um novo começo, para que possamos fornecer melhores regulamentações do setor financeiro", afirmou.Steinmeier foi chefe de Estado da coalizão do ex-chanceler Gerhard Schroeder e ajudou a elaborar um pacote eficiente, mas impopular, de reformas econômicas, conhecido como Agenda 2010.Hoje, os delegados do SPD também elegeram o ex-vice-chanceler alemão Franz Muentefering como o novo presidente do partido, substituindo Kurt Beck, que renunciou em setembro. O SPD, que quer encerrar a difícil "grande coalizão" comandada por Merkel, vai enfrentar uma dura batalha para vencer as eleições do próximo ano, de acordo com pesquisas recentes. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.