Ministro trocou conselhos por fundos

O ministro da Justiça do Japão, Jinen Nagase, afirmou ontem ter recebido dinheiro de um grupo que recruta estrangeiros para trabalhar no país após dar conselhos sobre como obter vistos. No mais novo escândalo a atingir o gabinete do premiê Shinzo Abe, Nagase disse ter devolvido os fundos recebidos, que considerou serem ''''doações''''. ''''Eu sempre aceito dinheiro que é dado por apoiadores'''', disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.