Ministros chineses e sul-coreanos de Defesa se reúnem em fevereiro

Ministros da Defesa da Coreia do Sul e da China manterão conversações em Pequim no mês

REUTERS

26 de dezembro de 2010 | 09h48

de fevereiro em meio ao crescente aumento da tensão na região provocada pelo programa nuclear da Coreia do Norte e atos hostis, disse o ministro coreano neste domingo.

"O Ministro da Defesa da Coreia do Norte Kim Kwan-jin e o ministro chinês, Liang Guanglie, planejam se encontrar em Pequim em fevereiro. Detalhes da agenda do encontro ainda não foram discutidos", afirmou um porta-voz no ministro sul-coreano.

As tensões chegaram ao mais alto nível em décadas na dividida península coreana, depois que o Norte bombardeou uma ilha no Sul no mês passado, e revelou grandes avanços em seu programa nuclear.

O presidente da Coreia do Sul, Lee Myung-bak, nomeou Kim em novembro como novo Ministro da Defesa depois do seu antecessor renunciar após críticas que foram vistas como uma fraca resposta à agressão do Norte, incluindo um ataque submarino em março e os bombardeios à ilha de Yeonpyeong no mês passado.

A Coreia do Norte ameaçou na última quinta-feira uma "guerra santa" nuclear e a Coreia do Sul prometeu um "contra-ataque impiedoso" contra qualquer nova provocação.

(Por Hyunjoo Jin)

Tudo o que sabemos sobre:
COREIASPEQUIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.