Ministros da UE devem discutir situação no Egito

Os ministros de Relações Exteriores da União Europeia devem se encontrar nesta semana para discutir a situação no Egito, disse o secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, William Hague.

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2013 | 08h48

Altos funcionários dos Estados-membros da UE estão reunidos em Bruxelas nesta segunda-feira para discutir a situação no Egito e para dar uma resposta a violenta repressão da semana passada contra manifestantes antigovernamentais. A reunião deverá se concentrar sobre a possibilidade de reduzir a ajuda da UE para as autoridades egípcias.

Os funcionários também receberam a responsabilidade de organizar uma possível reunião de ministros de Relações Exteriores para os próximos dias, contudo, até então, o encontro não havia sido confirmado.

No domingo, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, e o seu homólogo do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, disseram que a UE e os Estados-membros devem "revisar urgentemente" os laços com o Egito.

Em uma entrevista durante o fim de semana, a chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que uma possível medida da UE é suspender as exportações de armas para o Egito. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
egitoviolênciaunião europeia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.