Ministros do Grupo da Venezuela agendam reunião

Os ministros da área internacional dospaíses que compõem o Grupo de Amigos da Venezuela deverão sereunir "dentro de alguns dias", segundo adiantou hoje aministra dos Assuntos Exteriores da Espanha, Ana PalacioVallelersundi. Ela manteve hoje no Rio encontro de cerca de duashoras com o ministro brasileiro das Relações Exteriores, CelsoAmorim, no qual a crise venezuelana foi um dos destaques. Para a ministra, as dificuldades na Venezuela devem serresolvidos via diálogo interno naquele país, e o papel do Grupode Amigos é intermediar e incentivar essa busca de entendimento."A questão venezuelana preocupa; a Espanha tem muitíssimointeresse em participar na busca de uma solução", disse Ana. Amorim comentou a reunião realizada hoje entre opresidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da Venezuela Hugo Chávez, da qual também participou, e disse que ovenezuelano deu um "crédito de confiança" ao grupo. Masadmitiu que o presidente venezuelano gostaria de ampliar onúmero de países integrados ao Grupo. "Ele não abdicou daidéia de incorporar novos países no futuro, mas isso é o futuro,temos de trabalhar já", disse. Os ministros trataram também de negociações de comércio,sobretudo possíveis acordos bilaterais entre Espanha e Brasil emultilaterais entre o Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a UniãoEuropéia (UE). Ficou acertado que os chefes de governo dos doispaíses deverão se visitar mutuamente em breve, mas não foidefinida uma data. A ministra espanhola afirmou que hoje oBrasil é uma referência comercial e política que suscita "muitointeresse" na Europa, especialmente na Espanha e em Portugal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.