Miss mexicana é morta em troca de tiros

A miss do Estado mexicano de Sinaloa, María Susana Flores Gómez, de 20 anos, foi morta em uma troca de tiros entre supostos narcotraficantes e militares, informaram no final da noite de segunda-feira autoridades de Sinaloa. Flores Gómez, Miss Sinaloa de 2012, viajava em um dos automóveis dos supostos narcotraficantes, quando o grupo foi abordado por soldados em uma rodovia na noite de sábado. O corpo da jovem foi encontrado baleado ao lado de um fuzil de assalto. A morte trágica de Flores Gómez lembrou o filme de ficção "Miss Bala", rodado em 2011 no México, no qual uma jovem que sonha em ser a rainha da beleza se vê ligada sem querer a narcotraficantes.

AE, Agência Estado

27 de novembro de 2012 | 03h33

"Ela andava com os delinquentes, mas não podemos dizer que participou do tiroteio. Isso é o que vamos investigar agora", disse o procurador do Estado de Sinaloa, Marco Antonio Higuera. Flores, uma jovem morena, foi eleita em fevereiro Mulher Sinaloa 2012, um concurso estadual de beleza. O procurador Higuera disse que no confronto também foram mortos dois supostos narcotraficantes e outro quatro ficaram feridos. Higuera disse que os homens mortos faziam parte do crime organizado, mas não disse de qual dos cartéis mexicanos.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.