Missão do Líbano nega que Hezbollah seja ameaça

O Consulado do Líbano em São Paulo contestou ontem, por meio de carta enviada ao "Estado", declarações do cônsul de Israel na cidade, Ilan Sztulman, segundo as quais o grupo Hezbollah poderia atacar na América Latina.

O Estado de S.Paulo

26 Maio 2012 | 03h05

"O Hezbollah é um grupo político libanês com vasta presença social e política e representação legítima no Parlamento e no governo do Líbano", diz a mensagem. "Mesmo eventuais insinuações de sua participação em atentados em Buenos Aires na década de 90 provaram ser inconclusivas e infundadas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.