Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Missão no Iraque foi um sucesso, diz Bush

Seis dias depois de aeronaves britânicas e norte-americanas terem atacado o Iraque, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, classificou a missão como um sucesso, apesar de mais da metade das bombas terem errado seus alvos. Ele disse em uma entrevista coletiva que os ataques aéreos tinham dois objetivos. Um deles era enviar um sinal ao presidente do Iraque, Saddam Hussein; o outro era diminuir sua capacidade militar. Segundo Bush, os dois objetivos foram conquistados. Bush disse que seu secretário de Estado, Colin Powell, prestes a seguir viagem ao Oriente Médio, planejava ouvir os aliados e estabelecer uma política "para dizer a Saddam Hussein que não toleraremos o desevolvimento de armas de destruição em massa e que deixe seus vizinhos em paz". Segundo Bush, as sanções impostas contra o Iraque "pareciam um queijo suíço" e "não foram muito eficientes. Nós revisaremos as opções para que as sanções funcionem". Ao ser questionado sobre informações segundo as quais a China estaria ajudando o Iraque a estabelecer um sistema de fibra ótica para interligar seus locais de defesa de mísseis, Bush disse ter ficado preocupado, mas acredita que o sistema não tenha sido suficientemente desenvolvido a ponto de colocar em perigo a vida dos pilotos norte-americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.