Missão sul-coreana fracassa na Coréia do Norte

O enviado sul-coreano Lim Dong Won retornará nesta quarta-feira a Seul, após tentar, sem sucesso, se reunir com o líder norte-coreano Kin Jong II para discutir a crise nuclear, informaram fontes do Ministério da Unificação sul-coreano. Segundo o ministério, Lim ?explicou de modo amplo a posição de Seul sobre o problema e obteve respostas do Governo de Pyongyang.? Fora isso, o comunicado não deu mais detalhes sobre as conversações, mas salientou que o enviado do presidente Kim Dae Jung pediu ao Governo norte-coreano que dê ?passos concretos? para solucionar a crise. ?A Coréia do Norte reafirmou que a única solução para o problema é o diálogo uniforme e direto com os Estados Unidos, mas sem condições norte-americanas?, afirmou as fontes ministeriais. Apesar dos encontros com altos funcionários sul-coreanos, a missão não conseguiu conversar com o líder Kin Jong II, que, para a Coréia do Sul, é a única pessoa do país em condições de tomar uma decisão significativa sobre a crise nuclear. A Coréia do Norte acusa os EUA de planejar um ataque contra o estado comunista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.