Mísseis americanos deixam 30 mortos

Ao menos 30 pessoas - supostos militantes da Al-Qaeda - foram mortas ontem por um ataque de mísseis americanos, em um campo de treinamento na região tribal paquistanesa. Foi o maior número de mortos em um único ataque já lançado por aviões não-tripulados - o terceiro desde a posse do presidente Barack Obama. A maioria dos combatentes era usbeque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.