Mísseis atingem casa no Paquistão e deixam 12 mortos

Até três mísseis atingiram uma casa em umaregião do Paquistão conhecida como um porto seguro paramilitantes da al Qaeda e do Talibã no domingo, matando 12pessoas, incluindo oito militantes estrangeiros, disseramautoridades da área. O ataque aconteceu na vila de Shahnawaz Kheil Dhoog, pertoda cidade de Wana, na região de Waziristão do Sul, na fronteiracom o Afeganistão. "Oito estrangeiros e quatro de seus ajudantes forammortos", disse uma autoridade do governo distrital, que nãoquis se identificar. A nacionalidade dos estrangeiros não é conhecida, masalguns moradores da área afirmaram que árabes estão entre osmortos. Uma autoridade militar havia dito mais cedo queacreditava-se que militantes estariam escondidos na casa, e quesete deles tinham sido mortos e vários outros feridos. Não estava claro quem atirou os mísseis, mas moradoresdisseram ter ouvido o barulho de uma avião teleguiado antes dasexplosões. Forças norte-americanas usaram várias vezes nos últimosanos aviões teleguiados para atirar mísseis contra militares nolado paquistanês da fronteira. (Reportagem adicional de Kamran Haider)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.