Mísseis atribuídos aos EUA matam 6 no Paquistão

Um ataque com mísseis aparentemente disparados pelos Estados Unidos matou seis supostos militantes no Paquistão, segundo informações de funcionários paquistaneses do setor de inteligência e de um morador da região. Os informantes, que falaram sob condição de anonimato, disseram que três mísseis atingiram uma casa e um veículo nesta segunda-feira, na vila de Shawa, na área tribal do Waziristão do Norte, noroeste do país.

AE-AP, Agência Estado

20 de setembro de 2010 | 10h41

O morador Noor Khan disse ter visto aviões não tripulados antes das explosões. A área é dominada por grupos militantes islamitas, que atacam tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no vizinho Afeganistão. Houve mais de 15 ataques com mísseis atribuídos aos EUA neste mês, o número mais alto desde o início dessas ações, em 2004.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãomísseisEUAmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.