Mísseis atribuídos aos EUA matam quatro no Paquistão

Foguetes aparentemente disparados pelos Estados Unidos mataram quatro supostos militantes em uma região tribal do noroeste do Paquistão, próxima da fronteira com o Afeganistão, segundo funcionários da inteligência paquistanesa. Os mísseis caíram hoje em uma região tribal fronteiriça.

A, Agência Estado

14 de dezembro de 2010 | 10h29

O ataque ocorreu no Waziristão do Norte, contra um veículo que levava quatro supostos milicianos, disseram as fontes, que pediram anonimato. Já ocorreram no Waziristão do Norte cerca de 100 ataques com mísseis neste ano. Na região atua a rede Haqqani, apontada como principal ameaça militante às forças dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão.

O governo do Paquistão protesta em público contra os mísseis, atribuídos aos Estados Unidos, mas possivelmente apoiam a iniciativa americana em segredo. Os EUA não discutem o tema publicamente. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoEUAmísseisataquesmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.