Mísseis de avião não tripulado matam quatro pessoas no noroeste do Paquistão

Ataque ocorreu na aldeia de Toag, região tribal do Waziristão do Norte; uma casa foi destruída

EFE,

02 de junho de 2012 | 03h51

ISLAMABAD - Pelo menos quatro pessoas morreram neste sábado, 2, em um ataque com mísseis lançados por um avião não tripulado dos Estados Unidos no conflituoso noroeste do Paquistão, informou a rádio pública paquistanesa. Segundo a fonte, o ataque aconteceu na aldeia de Toag, situada na região tribal do Waziristão do Norte, e causou a destruição de uma casa.

 

O Waziristão do Norte é uma das sete demarcações que formam o cinto tribal paquistanês fronteiriço com o Afeganistão, um território que nunca esteve sob completo domínio do Estado e que serve de reduto a facções talibãs e grupos jihadistas.

 

Os ataques com mísseis de aviões espiões americanos são frequentes há anos nesta zona do Paquistão e são dirigidos contra alvos insurgentes, embora também causem a morte de civis, segundo organizações defensoras dos direitos humanos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.