Mísseis norte-coreanos violariam resoluções da ONU

Reação sul-coreana vem dois dias depois do lançamento de 5 mísseis com um alcance de 120 quilômetros

Efe,

13 de outubro de 2009 | 02h09

O lançamento de cinco mísseis de curto alcance pela Coreia do Norte viola as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, indicou nesta terça-feira, 13, um porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores sul-coreano citado pela agência Yonhap.

 

Segundo a mesma fonte, o governo sul-coreano "está deliberando como responder a esta ação da Coreia do Norte" e não descartou condenar o lançamento. Esta primeira reação de Seul chega um dia depois do lançamento de cinco mísseis do tipo KN-02 com um alcance de 120 quilômetros e capazes de atingir território sul-coreano.

 

Apesar do curto alcance dos projéteis lançados na última segunda-feira, o Ministério de Assuntos Exteriores os considera "um tipo de mísseis balísticos", acrescentou o funcionário, que se mostrou confiante em que o Conselho de Segurança da ONU responda a estes atos norte-coreanos.

 

O Conselho de Segurança da ONU aprovou a resolução 1874 contra o desenvolvimento armamentista norte-coreano no mês de junho, depois que o regime comunista da Coreia do Norte realizasse seu segundo teste nuclear, em 25 de maio. A resolução proíbe a Coreia do Norte a empreender atividades relacionadas com seus mísseis balísticos.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do NorteCoreia do Sulmísseis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.