Míssil israelense mata o líder do Hamas

Mísseis de Israel explodiram o carro do líder do Hamas na Faixa de Gaza, Abdel Aziz Rantisi, que morreu no ataque, juntamente com duas outras pessoas. Rantisi chegou a ser hospitalizado, mas não resistiu. Cinco pessoas que passavam pelo local ficaram feridas. Palestinos correram às ruas clamando por vingança.Um atentado anterior contra a vida de Rantisi, cometido em 10 de junho, teve como resposta um ataque do Hamas que deixou 16 israelenses mortos.Com o assassinato de Rantisi, Israel completa a eliminação das duas principais lideranças do grupo radical. Em março, outro ataque israelense havia dado cabo do xeque Ahmed Yassin, fundador da organização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.