Míssil pode ser sinal de violação por parte do Iraque, diz Blair

A descoberta de mísseis no Iraque de alcance superior ao permitido pela ONU pode indicar uma "violanção importante" da resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas, disse o primeiro-ministro, Tony Blair. Especialistas internacionais em mísseis disseram ter encontrado no Iraque sistemas de mísseis que excedem o alcance permitido de 150 quilômetros. "Sim, é claro, se a notícia for verdade, trata-se de uma violação importante da (resolução das Nações Unidas) 1441", disse Blair em entrevista com o primeiro-ministro australiano, John Howard. "Agora, o julgamento deverá ser feito considerando-se todos os aspectos. Todos estes pedaços de evidências formarão o julgamento e obviamente aguardaremos pelo que os inspetores dirão amanhã", afirmou o premiê. "Há muitas evidências materiais", disse o primeiro-ministro australiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.