Moçambique: Renamo anula acordo de paz com Frelimo

O movimento de oposição Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) anunciou nesta segunda-feira a anulação de seu acordo de paz com o partido governista Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), assinado em 1992 para encerrar a guerra civil do país.

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2013 | 21h56

A decisão foi tomada após a captura de uma base da Renamo pelo governo nas montanhas de Gorongosa. "A paz acabou no país. A responsabilidade recai sobre a Frelimo, porque não querem ouvir as queixas da Renamo", afirmou um porta-voz do movimento. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.