Moção a Berlusconi será votada após orçamento

O Parlamento da Itália submeterá o governo do primeiro-ministro Silvio Berlusconi a uma moção de censura, após a aprovação do orçamento de 2011, confirmou hoje o presidente da República, Giorgio Napolitano, em um comunicado liberado à noite, em Roma. Até agora, a votação do orçamento e suas emendas não foi marcada, mas a matéria precisa ser aprovado até o final do ano.

ANDRÉ LACHINI, Agência Estado

16 de novembro de 2010 | 19h53

Napolitano teve uma reunião na noite de hoje com Gianfranco Fini, que lidera um grupo de parlamentares da direita que romperam com Berlusconi. Fini é líder da Câmara dos Deputados. Napolitano também se reuniu com o líder do Senado, Renato Schifani. De acordo com reportagens da imprensa italiana, Berlusconi deverá falar no Parlamento em 14 de dezembro, quando ocorreria o voto da moção de censura. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.