Moderado republicano desiste e declara apoio a Romney

Ex-embaixador do governo Obama na China, Jon Huntsman teve maus resultados nas prévias de Iowa e New Hampshire

DENISE CHRISPIM MARIN, CORRESPONDENTE / WASHINGTON, O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2012 | 03h03

Depois de acumular resultados ruins nas duas primeiras prévias republicanas, o moderado Jon Huntsman desistiu ontem de concorrer pela indicação do partido para a Casa Branca e anunciou seu apoio à candidatura do ex-governador de Massachusetts Mitt Romney.

"Eu acredito que chegou o momento de nosso partido unir-se em torno do candidato melhor posicionado para derrotar Barack Obama", afirmou Huntsman na manhã de ontem a simpatizantes em Myrtle Beach, na Carolina do Sul, horas antes do debate dos pré-candidatos do partido à presidência. "Apesar de nossas diferenças e da distância entre nós em alguns temas, eu acredito que ele é Romney."

Ex-governador de Utah e ex-embaixador do presidente Barack Obama na China, Huntsman é o segundo pré-candidato a jogar a tolha desde o início das primárias republicanas. A deputada federal Michelle Bachmann, representante mais identificada com a ala radical do partido, o Tea Party, renunciou depois de obter um resultado pífio em Iowa - ela não anunciou ainda apoio a outro candidato. Huntsman teve 0,5% dos votos na prévia de Iowa. Em New Hampshire, onde havia apostado todas suas fichas, ficou em terceiro, com 16,9%. Romney venceu as duas disputas.

Na primária republicana, Hunstman era a opção moderada a Romney. Os outros quatro remanescentes são mais conservadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.