Mohamed diz ter participado de 30 atentados

Suposto idealizador dos ataques terroristas de 11 de Setembro, Khalid Sheik Mohamed era o "número 3" na hierarquia da Al-Qaeda. O terrorista paquistanês foi capturado em março de 2003 em Rawalpindi, no Paquistão. Mohamed ficou três anos isolado em uma prisão secreta da CIA, antes de ser transferido para a base militar americana de Guantánamo, em Cuba. Em março, ele confessou ter planejado não somente os ataques aos EUA em 2001, mas também que estava envolvido em outros 30 atentados, incluindo o assassinato do jornalista britânico Daniel Pearl, em 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.