Moldávia convoca reunião antes de eleição parlamentar

O presidente pró-Ocidente da Moldávia, Nicolae Timofti, convocou para amanhã uma reunião das principais autoridades de defesa do país, antes das eleições parlamentares da próxima semana, em meio a preocupações de que a Rússia tente influenciar a votação na ex-república soviética.

Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2014 | 14h17

Timofti não especificou o que vai ser discutido na reunião desta segunda-feira. O serviço de inteligência moldavo, no entanto, alertou na sexta-feira que pode haver uma tentativa de se desestabilizar o processo eleitoral, sem fornecer detalhes.

Autoridades moldavas temem que Moscou possa tentar ampliar sua influência neste país de 4 milhões de habitantes e que faz fronteira com a Ucrânia. Na semana passada, três russos e dois ucranianos foram expulsos da Moldávia, por suspeita de estarem planejando "ações subversivas".

No próximo dia 30, partidos pró-europeus da Moldávia vão enfrentar grupos rivais que buscam relações mais próximas com Moscou. A região da Transnístria, favorável ao Kremlin, quer deixar a Moldávia e se juntar à Rússia. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
MoldáviareuniãoRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.